terça-feira, 23 de setembro de 2008

E DA MUSICA SE FEZ AUSÊNCIA


Perdi-me de amores por ti
Julguei as tuas asas de borboleta como as minhas
E os voos que fizemos juntas pareciam levar-nos
Bailando etéreas o mesmo caminho.
Pra ti toquei encantadoras melodias
Na minha harpa de teias de aranhas sábias
E doces canções magicas te embalaram
O sono no sonho que querias nosso.
Não sabia que as borboletas
São asas sem poiso certo, nem flor favorita
E quando parecem ainda voar connosco
Estão já de partida pra outro sonho.
Por isso vesti-me de negro
Calei a voz dormente e a harpa inútil
Se passares por aqui outra vez, pedirei à noite
Que esconda os meus olhos dos teus.

9 comentários:

Me Hate disse...

Com tanto animal e escolhes o que da natureza mais depressa morre!!!!! Pena...

Morgana disse...

A inteligencia fica-te tão bem!!!
Asas de fadas são como asas de borboletas...umas não existem e as outras duram pouco!!!!
Pena?...as minhas têm sido arrancadas uma a uma sem dó nem verdade...

kris disse...

dedicamo-nos de corpo e alma a uma pessoa...e por vezes não nos damos conta que nos esquecemos de nós...e que essa pessoa acaba por pensar que é a única que tem de receber...e não tem de dar...

recebi muito..sim...mas dei demais de mim...devia ter controlado um pouco..e ir devagar..é o que pretendo fazer agora...

beijinho para ti

Morgana disse...

Kris
Entendo se entendo!...e não entendo só de agora!
Mas para mim de nada me serviu saber, ter consciencia disso. Não podemos deixar de ser como somos ou seremos um pobre arremedo de nós mesmas.
Desta vez, mais uma vez, dei tudo...recebi muito...perdi...
e tens razão, às vezes as pessoas esquecem que têm que dar...

Beijos

Sky Walker disse...

consigo entender perfeitamente o que estás a sentir... mas no fundo temos de prestar atenção às janelas que se vão abrindo...

Sky Walker disse...

Gostei mutito do teu cantinho. Posso voltar?

Morgana disse...

sky walker
Tens razão...mas há um tempo de de fechar a janela e não ver nada para a poder abrir depois de coração também aberto...
Volta sempre...estarei por aqui adejando magoas...ou não.

Beijos

Morgana

Sky Walker disse...

Tens toda a razão Morgana mas não fiques demasiado tempo com as janelas fechadas. O luto é necessário mas não eterno...
Beijo

Morgana disse...

sky walker

Tens toda a razão...sempre disse essas palavras: é preciso fazer o luto de algo que morre e muitas vezes não me entenderam.
Ainda bem que entendes.
Sei também que um luto bem feito nos prepara melhor para reconhecer e aceitar as alegrias ue a vida ainda nos reserva.

Beijos