sexta-feira, 3 de outubro de 2008

JUNTO AO LAGO


Levava-te pela mão, criança louca, pelos recantos mais secretos do meu reino. Mostrei-te onde nascia o rio da ternura, dei-te a beber da água pura do carinho, no lago do amor lavei-te o rosto.
Pelo teu corpo espalhei essência de violetas que eu própria macerei. As minhas mãos na tua pele foram asas de borboleta.
Na tua boca pinguei gotas de vinho de cerejas que colhi para te agradar. Por ti se fizeram doces as laranjas e as flores desabrochavam sob os nossos passos.

Rainha, dei-te o meu reino por um sorriso.
Hoje olho a minha mão vazia. Chamo por ti.
E é a sombra de fantasmas que me toca... e grita o meu nome em gargalhadas
Junto ao lago onde te perdi!

4 comentários:

Sky Walker disse...

Morgana
quando mostramos algo aos outros é porque já conhecemos e se conhecemos basta voltar lá... o pensamento é muito rápido podes mudar quando quiseres realmente e beber dessa fonte de conhecimento que está dentro de ti...
Beijo meu

kris disse...

Perder alguém, deixa-nos de rastos, tira-nos o sentido da vida..ser esquecida a mesma coisa..esquecer..não conseguimos..o tempo costuma ajudar..às vezes..outras não...
O segredo está em nós..temos de deixar a dor partir..quando tivermos preparadas..

passamos maus bocados nesta vida..injustamente..deviamos era ser todos felizes, porque só assim as coisas fazem sentido..

beijo e força

Morgana disse...

Sky Walker

É verdade que conheço, me conheço, sei onde e como voltar...
Neste momento só não quero voltar lá sozinha, e não quero mais ninguém nesse caminho agora.
Viro-me para dentro e encontro-me, sei quem sou, como sou e o que sou,mas o meu pensamento acorrenta-se para não perder nenhum momento desta dor, que foi tanta alegria!

Obrigada pelas verdades que tão bem disseste e que entendo e valorizo.

Beijos

Morgana

Morgana disse...

Kris
Nascemos para a felicidade, mas vida mostra-nos, de vez em quando, que nada é certo nem definitivo.
A dor faz parte desse ensinamento.
A vida continua, como se nada fosse e nós mesmo sangrando por dentro continuamos a dar os mesmos passos e a andar para a frente porque essa é a única forma de viver plenamente.
Obrigada pela força

Beijos

Morgana
Dói...pois dói!
Gritamos, choramos, mas sabemos que é parte de ser gente e de fazer sentido neste universo em que a luz também gera as sombras.