quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

SONHA COMIGO

click to comment



Caminho, divagando entre sombras e luzes difusas.

Sei que a qualquer momento se definirá, aos meus pés, o trilho que procuro.

Nem um som se faz ouvir.Nem a urgência se faz sentir.

Encontro as águas escuras e rasas, que a chuva deixou na taça das rochas.

Nos côncavos de pedra busco as velas sagradas.

Dos olhos, que o negrume aprisionou, cai-me o olhar.

Da boca, vermelha de sangue que mordi, rasga-se o sopro.

Das mãos, o calor solta-se em chama.

Uma a uma, as velas acendem-se, e uma a uma as coloco na taça negra.

Sinto que à minha volta as luzes se multiplicam, enchem o ar, rompem o silêncio.

Solto o grito.

O teu nome ressoa de pedra em pedra, de árvore em árvore, numa onda de som.

Fecho os olhos, pressinto-te o estremecer, sei que cheguei lá.

As velas ardem até romper a madrugada e eu ardo com elas.

Quando o sol se adivinha, mergulho as mãos na água gelada e lavo o rosto.

Guardo as luzes, cubro-me e parto.

De manhã vais acordar sem saber porque sonhaste comigo, toda a noite!


22 comentários:

kris disse...

"sonhou contigo porque te quer
sonhou contigo porque te precisa
sonhou contigo porque te adora
sonhou contigo porque te ama"

é assim o amor..

Morgana disse...

Kris

Eu digo que sonha...sonhará?
Talvez sim
Talvez não

Beijos

Ana

kris disse...

Morgana

sentes que sim, então é porque sim.

beijo*

simplesmenteeu disse...

"Quando o sol se adivinha, mergulho as mãos na água gelada e lavo o rosto."
Com os olhos ainda presos na noite, tentas habituá-los à realidade do dia...
Diante de ti, um rosto sorri ao dizer-te:
-Talvez nunca nos tivessemos visto antes... mas, toda a noite, sonhei contigo!...

Beijo

Mél disse...

Como sempre, brutal!
Essa pessoa sonha contigo, porque tu sonhas com ela... Essa é a explicação.
*****

Ana Oliveira disse...

simplesmenteeu

Os sonhos que as fadas fazem sonhar sao assim...

Beijo

Morgana disse...

Simplesmenteeu

Quantas vezes nem a agua gelada me acorda para a realidade e sigo dia fora a sonhar com os rostos que me sorriem...

Beijos

Ana

Morgana disse...

Mel

Quem dera saber!!!

Beijos

Ana

Morgana disse...

Ana...Ana...
Que sabes tu do que as fadas sonham!!!!

beijo

kris disse...

as fadas são seres superiores a nós...
mas acredito que sonhem ...e que concretizem os seus sonhos..

Anónimo disse...

Eu não acredito em FADAS,
mas que as há, deve haver!!!

Está aqui a prova!!!


NAFT

Isa Zeta disse...

Lindo. Sonho com a mulher que um dia sonhará comigo.

Morgana disse...

Naft

Pois há fadas sim, quanto mais não seja, quando nós queremos sê-lo!

Beijos

Morgana disse...

Isa

Um dia...há sempre um dia em que o que queremos se realiza!
Um dia uma mulher sonhará contigo para te apanhar na sua rede de amor e o teu sonho será realidade.

Beijos

Drika disse...

Que lindo!
Também andei perdida em sonhos, acordada e dormindo.
Às vezes é bom, noutras não!
Beijos!

Morgana disse...

Drika

Sonhamos para manter a sanidade, dormindo...e para seguir em frente, acordadas...
Sim às vezes é bom mas às vezes transforma-se num pesadelo.

Beijos

manzas disse...

Perfeito…

Passei para desejar um óptimo fim-de-semana…

O eterno abraço…

Morgana disse...

Manzas

Obrigada pela visita.

Bom fim de semana tambem.

Um beijo

Morgana

simplesmenteeu disse...

...em sonhos me deito...
e a sonhar acordo...

em poeira de estrelas... a teia e o lençol...

Beijos

Morgana disse...

Simplesmenteeu

Quantas vezes é a sonhar que estamos acordadas...e a teia que tecemos com o pó das estrelas é o lencol que nos envolve, nos cobre e descobre o que mais ansiamos.

Beijos

Anónimo disse...

Caminho, divagando entre sombras e luzes difusas.

Sei que a qualquer momento se definirá, aos meus pés, o trilho que procuro.

Nem um som se faz ouvir.Nem a urgência se faz sentir.

Encontro as águas escuras e rasas, que a chuva deixou na taça das rochas.

Nos côncavos de pedra busco as velas sagradas.

Dos olhos, que o negrume aprisionou, cai-me o olhar.

Da boca, vermelha de sangue que mordi, rasga-se o sopro.

Das mãos, o calor solta-se em chama.

Uma a uma, as velas acendem-se, e uma a uma as coloco na taça negra.

Sinto que à minha volta as luzes se multiplicam, enchem o ar, rompem o silêncio.

Solto o grito.

O teu humberto ressoa de pedra em pedra, de árvore em árvore, numa onda de som.

Fecho os olhos, pressinto-te o estremecer, sei que cheguei lá.

As velas ardem até romper a madrugada e eu ardo com elas.

Quando o sol se adivinha, mergulho as mãos na água gelada e lavo o rosto.

Guardo as luzes, cubro-me e parto.

De manhã vais acordar sem saber porque sonhaste comigo, toda a noite!

assis candango disse...

Quarta-feira, 14 de Janeiro de 2009
SONHA COMIGO


sonha comigo




Caminho, divagando entre sombras e luzes difusas.

Sei que a qualquer momento se definirá, aos meus pés, o trilho que procuro.

Nem um som se faz ouvir.Nem a urgência se faz sentir.

Encontro as águas escuras e rasas, que a chuva deixou na taça das rochas.

Nos côncavos de pedra busco as velas sagradas.

Dos olhos, que o negrume aprisionou, cai-me o olhar.

Da boca, vermelha de sangue que mordi, rasga-se o sopro.

Das mãos, o calor solta-se em chama.

Uma a uma, as velas acendem-se, e uma a uma as coloco na taça negra.

Sinto que à minha volta as luzes se multiplicam, enchem o ar, rompem o silêncio.

Solto o grito.

O teu nome ressoa de pedra em pedra, de árvore em árvore, numa onda de som.

Fecho os olhos, pressinto-te o estremecer, sei que cheguei lá.

As velas ardem até romper a madrugada e eu ardo com elas.

Quando o sol se adivinha, mergulho as mãos na água gelada e lavo o rosto.

Guardo as luzes, cubro-me e parto.

De manhã vais acordar sem saber porque sonhaste comigo, toda a noite!